Pular para o conteúdo principal

Postagens

Orelhão, sanduíche e diamantes: Pelé aproveita Copa para vender de tudo

Postagens recentes

A segurança pública e a política de estado motivada pela mídia incentivadora do populismo punitivo

POR IVENIO HERMES
A Segurança Pública Brasileira está definitivamente numa situação difícil, tendo seus rumos determinados pela mídia tendenciosa e pela manipulação da vontade popular.


Evidenciando isso, o efeito causado pela mídia em torno da morte do jornalista em um protesto, volta a impulsionar as manifestações públicas para um processo de vilanização, facilitando a criminalização dos movimentos sociais que, utilizando-se de meios legítimos, são mostrados como desencadeadores da desordem e não como vítimas da infiltração, orquestrada ou não, por inimigos da democracia que vandalizam, agridem e violentam a massa suscetível.
Diante da aproximação da COPA do mundo, as manifestações se tornam um alvo inoportuno de soluções imediatistas que utilizam o populismo punitivo para deflagrar a criação de políticas de Estado para a proteção de classes, como a recente decisão em relação aos jornalistas.
Mas por que Políticas de Estado somente para proteger jornalistas?
Todos os dias morrem no Bra…

Belo Monte, Anúncio de uma Guerra - Filme

"Um filme financiado pelo público, do Xingu para o mundo."
Belo Monte é um projeto de aproveitamento hidrelétrico em terras indígenas. O projeto contempla um complexo de pelo menos 4 barragens, 2 casas de força, 27 diques, 3 canais de enchimento, 7 canais de transposição e 1 gigantesco canal de derivação que pretende desviar o rio Xingu para reservatórios que alagariam cerca de 516 km² da Floresta Amazônica e propriedades particulares onde o cultivo predominante é o cacau.
Nenhuma terra indígena seria alagada. Entretanto, Belo Monte transformaria os 100 km da Volta Grande do Xingu em um trecho de vazão reduzida e isolado, uma vez que os paredões de concreto da barragem barrariam as aldeias da cidade de Altamira. Com isso, os indígenas não mais poderiam ir de canoa até Altamira, uma pratica frequente e necessária para que recebam tratamentos médicos.
Além disso, a construção da barragem é uma ameaça aos peixes da Volta Grande do rio Xingu. Nove espécies de peixes raros corre…

Mairodade penal: reduzir não resolve

Um problema que assola diariamente cidadãos de bem no nosso país tem sido a violência. O crescimento da população e a ineficácia do estado em combater o crime torna cada vez mais evidente  a urgência em resolver esse problema. Só que a solução não é tão simples quanto se imagina. Tão pouco passa por reduzir a maioridade penal dos nossos adolescentes. Mas o povo clama por uma solução urgente É difícil compreender que a redução da maioridade penal não vai resolver nada. Por que a mídia tem abordado esse tema de uma forma para que o cidadão comum não compreenda quais são as verdadeiras causas do agravamento deste problema. E, enquanto isso, ela mostra todo dia que está intensificando-se os casos em que menores cometem crimes. Por outro lado criminosos adultos aproveitam-se da brecha no sistema para ficarem impunes coagindo menores para assumirem crimes que eles, os adultos, cometem. Diante disso tudo vemos o sistema tonando-se um verdadeiro caos. Pois a polícia executa um trabalho que …

Anderson Silva Não teve culpa

Entenda porque resultado do UFC 162 pode ter sido uma farsa. E como o lutador brasileiro não teve culpa. Cercado de muita polêmica, resultado da ultima luta de Anderson Silva não agradou aos brasileiros e gerou muitas especulações. De herói a vilão em apenas uma noite Anderson silva descobre o sabor amargo da derrota e da decepção. Mas será que o resultado da luta foi justo. Será que não houve encenação. Esta dúvida persiste e aumenta após verificarmos uma série de fatos que envolvem este evento. A luta Durante a luta verificou-se que o lutador brasileiro vinha baixando a guarda mais do que o normal e exagerando nas brincadeiras. Mesmo usando o mesmo estilo e baixando a guarda em lutas anteriores vemos que o brasileiro baixou mais ainda e , literalmente, parou para que o adversário pudesse acertar os seus golpes. O que intriga é por que o Anderson agiu dessa maneira. O próprio Anderson declarou em reportagem do Fantástico de 14/07 que bastava um passo para trás e ele se livrava dos g…

Passeio pela Zona Norte de Natal - O abandono do poder público

Na zona norte de Natal alguns problemas são tão antigos que até já fazem parte do cotidiano de quem mora lá e é obrigado a conviver com eles. Obras mal feitas, problemas de drenagem, falta de segurança, lama, buracos, sistema de transporte público precário, falta de posto de saúde, falta de creches, falta de escolas de ensino médio, coleta urbana de lixo inexistente, esgoto, ruas esburacadas, saneamento, congestionamentos... são muitos. 
Os 100 primeiros dias de governo do prefeito Carlos Eduardo Já passaram. O que ficou claro deste período é que a maquiagem que foi feita nas ruas principais não foi suficiente para resolver os problemas de quem mora na periferia. Distante dos olhos do poder público populações carentes   são vítimas do abandono e do desprezo.
As chuvas que ocorreram recentemente em Natal trouxeram a tona, mais ainda, a gravidade de dois problemas quase tão antigos quanto a própria Zona Norte. A drenagem inexistente em setores muito movimentados da ZN. O primeiro é o c…

Cultura Alternativa - 2º Grito Urbano ZN

No próximo domingo (7), a partir das 13hs, acontece a segunda edição do Grito Urbano da Zona Norte, no terminal de ônibus do bairro Soledade. O evento conta com apresentações de música, teatro, exposições, oficinas e debates. A primeira edição ocorreu no último dia 2 de junho.