Pular para o conteúdo principal

Emoção no enterro do PM em João Pessoa

Revolta e dor foram os sentimentos que acompanharam dezenas de familiares e amigos do PM paraibano Márcio do Nascimento Costa. O corpo foi encaminhado para João Pessoa (PB) no início da manhã de ontem, e foi velado na Central Rosa de Saron, no bairro de Jaguaribe.

O pai de Márcio, Elias Costa, disse que estava em casa quando recebeu a notícia através de uma ligação do soldado Ricardo Ferreira, companheiro de trabalho que dividia apartamento com ele na capital potiguar. "Não estava acreditando quando recebi a ligação. Tinha visto meu filho na última quarta-feira, quando ele foi embora dizendo que havia se programado para vir passar o Natal aqui com a gente", conta, emocionado. A mãe, Josefa Nascimento, passou o velório ao lado do corpo do filho e estava muito abalada.

A noiva de Márcio Costa, Élida Pontes, que também mora em João Pessoa, estava vestida com as roupas dele, como uma forma de homenageá-lo. "Ele já tinha conseguido passar no concurso da PolíciaCivil aqui na Paraíba, e já tinha feito os exames médicos, estava aguardando apenas ser chamado para vir morar de vez conosco. Tínhamos comprado uma casa, o sonho dele era vir trabalhar aqui perto da família", diz.

Márcio do Nascimento Costa tinha quatro anos e cinco meses de serviços prestados à corporação e havia entrado junto com o amigo Ricardo Ferreira. "Eu trabalho no 9º Batalhão e ele no 1º Batalhão. Eu e ele estávamos a serviço, quando recebi o comunicado através do rádio", diz. O soldado do 11º Batalhão, Ernesto Mendes, também amigo, lembrou de quanto Márcio representava para a família. "A vida dele era trabalhar para ajudar a família. Pagava grande parte das despesas, sempre foi uma pessoa que sempre tentava melhorar a vida de todos que estavam ao redor dele", diz.

O corpo de Márcio Costa foi velado até as 16h e logo em seguida seguiu pelas ruas da cidade através de uma viatura do Corpo de Bombeiros, que acompanhou o cortejo até o Cemitério da Boa Sentença, no Varadouro, onde houve o enterro.Um dos soldados que estava no velório lamentou o ocorrido, mas protestou contra o fato de os policiais militares que fazem rondas não terem acesso a pistolas do tipo Tazer, armas não-letais que disparam um raio de choque, que apenas imobiliza o suspeito. "As pistolas foram adquiridas através de uma parceria da Polícia Militar e Ministério da Justiça do Rio Grande do Norte. Todos os batalhões têm essas pistolas no material bélico do Comando Geral. O que acontece é que apenas policiais da Rocam e do Batalhão de Choque receberam o treinamento adequado para poder manuseá-las e não houve interesse em repassar estas armas e nem o treinamento para nós. Esta fatalidade poderia ter sido evitada se estas armas estivessem em nossas mãos", lamenta o policial

FONTE: Diário de Natal

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como saber se o Whisky é falso

Saiba como identificar se o whisky é falso ou original. Evitando assim problemas no dia seguinte a bebedeira. Não tem nada pior do que você acordar no outro dia para ir trabalhar e está com uma tremenda ressaca. E não existe ressaca pior do que a de whisky falsificado. A ressaca do whisky falsificado é pior do que a de outras bebidas por que além do álcool, que já é inerente às bebidas alcoólicas, são misturadas um monte de porcarias para baratear o custo da bebida e aumentar os lucros decorrentes da venda do produto falsificado. Há uma lista enorme e muitas especulações do que se coloca nessas bebidas. Uma coisa podemos afirmar, verdadeiramente, sobre o assunto. Nada do que os falsificadores colocam contribui para o bem estar de quem tomou a bebida, no dia seguinte. Há várias maneiras de descobrir se um whisky é falso. Para mim, que sou leigo no assunto e estou descobrindo mais informações apenas por decidi escrever sobre isto, não existe maneira mais fácil do que a velha e chata…

Gírias do policial militar

Uma homenagem a todos os policiais militares do Rio Grande do Norte.



Na caserna temos a oportunidade de aprender muitas gírias. Algumas delas são inerentes a todas as forças, outras são exclusividades apenas da marinha, ou do exército, ou de alguma outra força. Confira agora as gírias que fazem parte do dia-dia do policial militar

Policial militar
Não come... Pega o “L”
Não tem tarefa... Tem missão
Não some... Vira gás
Não estuda... Queima pestana
Não está na lista... Está na rela
Não tem amigo... Tem Campanha
Não tem amante... Tem 02
Não é burro... É apagado
Não fala presente... Fala “Hop”
Não volta atrás... Dá ultima forma, ou melhor, dá “QTA” no “QTC”
Não é esperto... É safo
Não se esconde... Escama
Não dorme... Tora
Não adoece... Baixa
Não entra... Avança
Não relaxa... Acoxambra
Não vai embora... Segui destino
Não fica de boa... Relaxa a posição
Não pedi licença... Pedi permissão
Não se protege... Fica coberto e abrigado
Não vai ao banheiro... Atende QNF
Não tem casa... Tem QTH sossego
Não bagunça... Toc…

Os vídeos mais engraçados do YouTube

Existem milhares de vídeos super engraçados na internet, mas alguns vídeos por motivos que muitas vezes não podemos explicar tornam-se fenômenos. E a partir daí tornam-se motivos de comentários em rodinhas de amigos sempre que se está levando um papo descontraído sobre vídeos na internet. Alguns se tornam tão populares que os seus autores ou participantes viram ídolos, chegando até mesmo a fazerem parte de programas de televisão, como no caso da Gaga de Ilhéus. Eu resolvi fazer uma lista dos vídeos que mais se destacaram e viraram fenômenos e ganharam com isso várias versões dos internautas através de músicas, desenhos e imitações. Muitas sem a menor noção, mas algumas chegam a superar a original.

Comeu e não pagou

O velhinho achou uma piranha na rua, contratou a menina para desopilar, mas não gostou do serviço. Parece que ele queria só o tradicional, mas a vadia resolveu inovar. Como se não fosse o bastante ela desrespeitou a lei primeira de todas as prostitutas (dinheiro na mão calc…